segunda-feira, 26 de março de 2012

Festival da Canção 1965 - 8º Lugar - António Calvário "Você não vê"


8º Lugar (em 8 canções) – 2 Pontos

Título: Você Não Vê
Intérprete: António Calvário
Música: João Andrade Santos
Letra: Mª Manuela de Moura Sá Teles  Santos
Orquestração: Fernando de Carvalho
Dir. De Orquestra: Fernando de Carvalho


Do meu amor
Só recebo indiferença
No seu olhar
É tão grande a cegueira
Que não retém, nem vê, nem pensa
Que ter amor é ser amigo a vida inteira
Talvez não saiba sentir amizade
Talvez que mesmo só goste de si
Mas deixe um dia que a saudade
A faça ver que me perdeu
E que a perdi
Será que amar é esquecer
Será fugir sem olhar quem ficou
Será fingir e não ver e desprezar
Quem por si já chorou
Você não vê como o fogo não arde
Se pouco a pouco não for estimulado
Não vê que um dia será tarde
P'ra alimentar o meu amor abandonado
Talvez não saiba sentir amizade
Talvez que mesmo só goste de si
Mas deixe um dia que a saudade
A faça ver que me perdeu
E que a perdi
Será que amar é esquecer
Será fugir sem olhar quem ficou
Será fingir e não ver e desprezar
Quem por si já chorou
Você não vê como o fogo não arde
Se pouco a pouco não for estimulado
Não vê que um dia será tarde
P’ra alimentar o meu amor abandonado
Venha, volte p’ra meu lado

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Recomendamos ...