quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Cantoras dos Anos 80 - Olivia Newton-John


Basta falar na Sandy do filme 'Grease' ou na loucura que foi o vídeo da música "Physical" para, num abrir e fechar de olhos, se conseguir visualizar Olivia Newton-John.

Nasceu em Inglaterra, mas há muito tempo que vive na Austrália. Foi em 1966 que Olivia Newton-John gravou o primeiro single, e, cinco anos depois, o primeiro álbum, com uma canção escrita por Bob Dylan.

Em 1974, representou o Reino Unido, no Festival Eurovisão da Canção 1974, onde conquistou o 4º lugar. Foi o ano de revelação dos Abba, a vencerem com "Waterloo". Não ganhou o Festival da Eurovisão, mas o primeiro grande êxito não tardaria a chegar... "I Honestly Love You", ficou no topo da tabela inglesa durante duas semanas e deu direito a dois Grammys... Melhor Disco do Ano e Melhor Artista Pop Feminina.

Mudou-se para os Estados Unidos, onde editou vários álbuns, todos num registo Country, muito bem aceite pelo público americano. Foram várias as músicas de Olivia Newton-John que conquistaram excelentes posições no Top de Música Country.

Em 1978, o seu papel como Sandy no filme musical "Grease", ao lado de John Travolta, mudou a sua carreira... e para sempre! A Banda Sonora do filme 'Grease' permaneceu no primeiro lugar do Top durante 12 semanas consecutivas, com músicas como "You're The One That I Want", "Hopelessly Devoted To You" e "Summer Nights". Dois anos mais tarde, participou no Musical "Xanadu", com Gene Kelly.

Em 1981, Newton-John viu a sua carreira reconhecida com uma estrela no passeio da fama em Hollywood, na mesma altura em que o seu mais bem sucedido disco caminhava para a dupla platina: "Physical". Ainda se lembra de vê-la em fato de ginástica, cabelo curto e fitaà tenista? Avestimenta tornou-se moda nos anos 80 e a ginástica aeróbica também! Pelo vídeo ganhou um Grammy e com a música, dez semanas no Top da BillBoard.

Olivia casou em 1984 com o namorado de longa data, Matt Lattanzi, de quem teve uma filha logo no ano seguinte, mas de quem se divorciou nove anos depois. No ano seguinte, conheceu o operador de camera Patrick McDermott com quem vivia até ao dia em que foi dado como desaparecido durante uma viagem pela Costa da California.

Entre vários discos que foi editando, só em 1992 é que voltou a ouvir-se falar de Olivia quando lançou a sua terceira colectânea de êxitos e se preparava para uma tournée que foi cancelada. Foi este o momento em que Newton-John ficou a saber que tinha cancro da mama. Felizmente, recuperou e, hoje em dia, faz questão de dar o seu exemplo envolvendo-se em ações de apoio à pesquisa eà prevenção da doença. Atualmente, é proprietária do Gaia Retreat and Spa, na Austrália, onde continua a viver.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Recomendamos ...