quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Festival da Canção 1965 - 2º Lugar - Artur Garcia "Amor"


2º Lugar (em 8 Canções) – 66 Pontos

Título: Amor
Intérprete: Artur Garcia
Música:  António Resende Dias
Letra: Luís Simão
Orquestração: Fernando de Carvalho
Dir. De Orquestra: Fernando de Carvalho

Quem inventou a saudade
Inventou também a dor
E aquela palavra tão linda
Amor, amor, amor
Amor palavra tão doce
Não sei quem a trouxe
Mas foi deus talvez
Amor, amor
É bem que faz bem
Se o amor de alguém
Não morre de vez
Amar recompõe a alma
Sonhar dá-nos paz e calma
Amor, amor, amor, amor
Vem-me seduzir
Que eu quero sorrir
Mas com mais calor
Amor, amor
Procura ao teu jeito
Dentro do meu peito
Amor só amor
Amor palavra tão doce
Não sei quem a trouxe
Mas foi deus talvez
Amor, amor
É bem que faz bem
Se o amor de alguém
Não morre de vez
Amar recompõe a alma
Sonhar dá-nos paz e calma
Amor, amor, amor, amor
Vem-me seduzir
Que eu quero sorrir
Mas com mais calor
Amor, amor
Procura ao teu jeito
Dentro do meu peito
Amor só amor
Amor
Amor só amor

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Recomendamos ...