segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Cinema dos Anos 80 - EndGame


sábado, 29 de dezembro de 2012

Cinema dos Anos 80 - Mad Mission


quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Cinema dos Anos 80 - O Caça Policias

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

domingo, 23 de dezembro de 2012

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Cantores dos Anos 80 - John Travolta


O mais novo dos seis filhos de um jogador de futebol americano de origem italiana e de uma cantora e atriz, descendente de uma família irlandesa. Posto isto... é certo que John Travolta decidiu seguir os passos da mãe.

Ator e bailarino desde cedo, a sua grande estreia, aos 22 anos, foi no grande ecrã em "Febre de Sábado à Noite", como Tony Manero (um vendedor de tintas durante o dia e,à noite, um imbatível rei das pistas de dança ao ritmo da banda sonora dos Bee Gees). A afirmação maior chegou logo no ano seguinte, em 1978, quando aparece no filme "Grease" como o jovem mais popular do "pedaço", ao lado de Olívia Newton-John.
Continuou no cinema, a fazer um filme por ano, mas em papéis de muito pouca visibilidade e considerados pela crítica muito fracos, ao ponto de ter ganho alguns 'Framboesa de Ouro', os prémios atribuídosàs piores prestações no cinema ao longo do ano.

Em 1994, aparece a grande oportunidade de dar a voltaà sua carreira como ator, ao ser convidado por Quentin Tarantino para o filme "Pulp Ficton" que lhe valeu um MTV Movie Award na categoria de melhor sequência de dança (com Uma Thurman) e chegou a ser nomeado para o Óscar de melhor Ator. Depois deste... 'A Outra Face', ao lado de Nicholas Cage e, recentemente, "Hairspray", onde faz papel de mulher, continuam a marcar pontos no reconhecimento de John Travolta como ator.
Desde 1975 que pertence, tal como outras personalidades de Hollywood,à Igreja da Cientologia e desde muito pequeno que tem uma paixão pela aviação. De tal maneira que tem o seu próprio Boeing 707.

Depois da morte de Diana Hyland, a sua grande paixão, Travolta teve vários relacionamentos inconstantes até que se apaixonou e se casou com a atriz Kelly Preston, sobrinha do Presidente americano John Kennedy, de quem tem dois filhos: Jett e Ella Bleu.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

sábado, 15 de dezembro de 2012

Grupos Musicais dos Anos 80: Yazoo


Duas pessoas apenas. Mas o bastante para darem que falar nos anos 80. Vince Clark e Alison Moyet. Depois do êxito de músicas como "Just Can't Get Enough" dos Depeche Mode, banda de onde saiu em 1982, Vince já não era um desconhecido. Ao contrário, Alison Moyet, publicava, nessa altura, um anúncio onde procurava um músico a quem se juntar. Em pouco tempo, nasceram os Yazoo.

E se à primeira vista era um par que parecia não combinar, Vince na música electrónica e Alison a cantar blues, as dúvidas foram rapidamente desfeitas quando lançaram o primeiro álbum, em maio de 82. A voz soul e profunda de Alison Moyet e o sintetizador de Vince Clark, resultou na perfeição. "Only You" foi o primeiro single e, de imediato, o primeiro grande êxito dos Yazoo.

"Don't Go" chegou às tabelas de vendas, dois meses depois e é considerada até hoje uma das melhores músicas da década de 80. Esgotaram salas de espetáculo a apresentar o seu primeiro álbum, e em novembro, o terceiro single "The Other Side of Love" também foi muito bem recebido. Um single que trazia no lado B uma balada com um ambiente oriental, "Ode To Boy" a provar, mais uma vez, a originalidade dos Yazoo. O segundo disco "You And Me Both" já foi gravado sob grande tensão. Tinham começado os primeiros desentendimentos que acabaram por levarà separação dos Yazoo. Ainda assim, o disco fez parte dos melhores lugares das tabelas de vendas e foi muito bem visto pela crítica.

A partir desta data, seguiram caminhos separados e diferentes. Vince Clark juntou-se a Andy Bell e, com um sucesso estrondoso, criaram os Erasure. Alison Moyet seguiu a solo e a sua voz especial é reconhecida por todos. Hoje, Alison Moyet tem três filhos e é casada com um professor.

A fechar... as boas noticias... Foi editada uma caixa, "In Your Room", com os dois únicos álbuns da banda, Upstairs At Eric's e You And Me Both, ainda um disco com os lados B e um DVD com os telediscos que a dupla gravou.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Higiene nos Anos 80 - Restaurador Olex


O restaurador Olex foi lançado em 1969 para devolver aos cabelos grisalhos a cor primitiva. O produto, criado na sequência de uma linha de produtos capilares da empresa Couto, S.A., podia ser utilizado por homens e mulheres, que foram descobrindo, ao longo do tempo, que podiam inverter o processo de mudança de cor dos cabelos, mantendo uma aparência jovem.
A fórmula original do Restaurador Olex foi descontinuada em outubro de 2005, depois de ter sido proibido o uso de acetato de chumbo na composição de produtos cosméticos.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

domingo, 9 de dezembro de 2012

Cinema dos Anos 80 - The Punisher

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Cantores dos Anos 80 - Gazebo


Quando nasceu, Paul Mazzolini foi o nome escolhido pela família. Quando escolheu a música e os palcos, escolheu Gazebo como nome de "guerra". A investigação deste Ficheiro Pouco Secreto, começou por aqui mesmo... uma consulta de dicionário. Em Gazebo, lê-se "mirante, varanda ou janela saliente". Uma espécie de coreto como aquele do jardim do filme "Música no Coração". A razão para tal escolha... nem o próprio explicou até hoje.

Nasceu em Beirute, mas é filho de um diplomata italiano e de uma cantora americana! Está visto a quem seguiu as pegadas, embora se diga que a sua primeira motivação passou pela paixoneta por uma menina da sua classe... foi só para a impressionar que aprendeu a tocar guitarra!

Cosmopolita, o ainda teenager Gazebo começou a sua carreira de banda em banda e correndo os quatro cantos do mundo. Em Paris,aprendeu guitarra clássica e, em Londres,não ficou indiferente ao movimento punk. Mas foi em Itália que assumiu um estilo e construiu uma carreira dedicada à música electrónica de dança, até porque foi lá que conheceu o produtor Pier Luigi Giombini, um apaixonado por sintetizadores.

Avançaram para o primeiro single em 1982, "Master Piece" que, à exceção de Itália, passou despercebido. O mesmo já não se pode dizer, e ainda bem, do que veio a seguir: "I Like Chopin"! A música que pôs a concorrência a um canto e chegou ao 1º lugar do Top em 15 países europeus, incluindo, se bem se lembra, o nosso. Venderam-se cerca de 8 milhões de singles em todo o mundo. É obra.

Ainda sob o efeito de tanto sucesso, Gazebo lançou novo disco. A música "Lunatic" ainda entrou nas tabelas de venda, mas não subiu aos lugares de maior destaque.

Durante os anos 90, foi sempre de novo em novo álbum que Paul Mazzolini foi criando o seu império musical. Hoje em dia, tem duas empresas onde controla todo o seu trabalho, desde a gravação à distribuição dos seus discos. Entretanto já foram lançadas duas colectâneas.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Cinema dos Anos 80 - Karaté Warrior 2

sábado, 1 de dezembro de 2012

Cantores dos Anos 80 - Billy Idol


O cabelo louro oxigenado e a eficácia da sua voz, capaz de cantar as mais duras músicas rock, como também as baladas mais suaves e sentimentais, fizeram dele um ícone dos anos 80.

Começou a marcar pontos na música como vocalista da banda punk Generation X. Quando o grupo se desfez, Idol juntou-se ao guitarrista e compositor Steve Stevens. Juntos, levaram o punk rock aos Tops's e os seus vídeos tiveram imenso destaque na MTV, a dar também os primeiros passos nessa altura. Billy nasceu numa família inglesa e muito religiosa. Quem diria, que durante toda a sua infância e adolescência, frequentou os escuteiros de St. Mary!

Em 1971, lá conseguiu sair do colégio onde estudava e mudou-se para uma escola onde não era obrigado a usar uniforme e onde não era proibido deixar crescer o cabelo. Depois de fazer parte do clube de fans dos Sex Pistols e de, sempre contra a vontade dos pais,ter formadoumas quantas bandas. Certo diadesistiude estudar para se dedicar apenasà música.

De William Broad passou a Billy Idol e, na era do 'New Wave' em força, teve que se esforçar muito para conseguir que a música, punk rock, tocasse na rádio. Acabaria por ser a recém chegada MTV a mudar-lhe o cenário. Os vídeos das músicas 'White Wedding' e 'Dancing with myself', durante seis meses, passavam a toda a hora. O segundo disco, 'Rebel Yell', em 1983, foi um êxito estrondoso! As músicas 'Eyes without a face' e 'Flesh for fantasy' são duas das responsáveis.

No álbum seguinte, 'Mony Mony' foi uma das músicas que mereceu lugar de destaque nas tabelas de vendas. Consumidor de drogas, tem no seu curriculum histórias de posse de droga, episódios de agressões e vandalismo. Nunca chegou a casar-se, mas tem dois filhos, hoje adultos: um rapaz e uma rapariga.

Em 1990, quando estava prestes a lançar novo disco, a caminho do estúdio, teve um acidente de mota grave, onde quase perdeu a perna. O disco não chegou a sair, mas Idol não desistiu. Foi sempre fazendo parte de vários projetos até 93, o ano de mais um disco com originais, 'CyberPunk', mas que passou despercebido.

Já em 2000 um disco de 'Greatest Hits' vendeu mais de um milhão de cópias. Finalmente,em 2005, lançou um disco de originais.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Recomendamos ...