segunda-feira, 3 de junho de 2013





Nome: George Allan O' Dowd (Boy George)
Data de Nascimento: 14-06-61
Naturalidade: Etham, Londres
Êxitos: 'Do you really want to hurt me'(1982); 'Church Of The Poison Mind'; "Karma Chameleon"; 'The war song'; 'Everything I own'.


Nos anos 80, Boy George fazia todo o sentido. Assumiu-se bissexual quando a palavra ainda era tabu e tornou-se um ícone à frente dos Culture Club. George Alan O'Dowd, mais conhecido por Boy George, nasceu e cresceu numa família de muitos irmãos, de origem irlandesa. 

É no final dos anos 70, que começa a aparecer nos clubes londrinos da época onde o movimento 'New Romantic' ganhava terreno. A música new wave e electrónica, e o estilo futurista, onde a maquilhagem e a roupa mais feminina definiam o figurino, ditavam o movimento. Deste ambiente, faziam parte, também, David Bowie, Brian Eno dos Roxy Music e os Spandau Ballet. 

Extravagante, da noite às revistas foi um pulo. Foi mesmo o seu estilo diferente, que chamou a atenção do primeiro produtor musical com quem trabalhou. Formaram uma banda, que mudou de nome por três vezes, até parar em Culture Club! Lançaram um primeiro álbum, 'Kissing to be clever'. 

A aceitação foi para lá do que se esperava... 'Do you really want to hurt me', chegou ao primeiro lugar dos Top's em seis países europeus e ao segundo nos Estados Unidos. Até à altura, só os Beatles tinham conseguido colocar três músicas de um álbum de lançamento nos Top's. O disco seguinte, 'Colour by numbers' também correu bem. O single 'Church Of The Poison Mind' esteve entre os primeiros dez lugares das tabelas mundiais e 'Karma Chameleon' foi nº1 por todo o Mundo. 

Em 1985 já era conhecida a sua dependência da droga, o que fez com que os Culture Club começassem a perder o seu lugar na música. Gravar o 3º álbum, em 1986, foi quase uma missão impossível, mas ainda acabou por ser editado. Foi preso pouco depois, em julho, pela polícia britânica por posse de droga e, a agravar a situação, alguns dias mais tarde, o teclista dos Culture Club, Michael Rudetski, foi encontrado sem vida em casa de Boy George, com uma overdose de heroína. No final de 1986 o grupo acabou mesmo por se separar. 

Um ano depois, e ainda a lutar contra a droga, Boy George gravou o seu primeiro álbum a solo, 'Sold', onde chegou ao topo da tabela britânica com 'Everything I Own'. A queda de popularidade foi grande e nunca mais conseguiu o mesmo sucesso. Chegou a criar a sua própria editora (a More Protein), e em 1993 reapareceu com a cancão 'The Crying Game'. 

Boy George é reconhecido como DJ e pelo musical 'Taboo', que esteve em cena na Broadway, baseado na história da época dos New Romantics, com a música dele e dos Culture Club. Foi condenado a cinco dias de serviço comunitário, como varredor de ruas, depois de ter enganado a polícia por um roubo na sua casa que nunca aconteceu. Ao chegar ao apartamento, os agentes não encontraram nenhum vestígio de roubo, mas sim uma dose de cocaína.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Recomendamos ...