quinta-feira, 25 de abril de 2013

Grupos Musicais Portugueses - Agora Colora




Grupo formado em Setembro de 1985. Nesse ano apresentaram um espectáculo multimédia, organizado pela CM Almada, que contou com a participação de António Manuel Ribeiro.

No ano de 1986 apresentaram os espectáculos "Coloreto I" e "Coloreto II".

No início de 1987, o grupo era formado por João Martins (voz e flauta transversal), Carlos Teixeira (guitarra), Ni (baixo), Paulo Carmona (teclas) e Pinho (bateria). Seis meses depois, já com mais de 43 concertos dados pelo país, assinaram contrato de management com "Os Malucos da Pátria".

Em 10 de Outubro de 1987 tocaram em Lisboa, num concerto integrado nas Jornadas do Império, com os Gun Club e Mão Morta.

Em 1988 apresentaram no Rock Rendez Vous os temas "Deixa Lá", "Mátria", "Labirinto", "Viajante", "Batida de Dança" e "Lisboa Antiga". O grupo foi um dos três finalistas do Concurso de Música Moderna desse ano.

No disco "Registos de Música Moderna Portuguesa", editado em 1989 pela Dansa do Som, é incluído o tema "Mátria".

Esteve prevista a edição de um CD, através da Heaven Sound, mas tal não se concretizou.

DISCOGRAFIA
Registos de Música Moderna Portuguesa (1989) - Mátria

COMENTÁRIOS
Tempos de afirmação e subversão do usual incrementaram a diversidade criativa numa produção local de multimédia. Num caldo de poucos nutrientes, formou-se o grupo AGORACOLORA, onde colaborei nas letras de alguns temas e nas performances apresentadas em 2 espectáculos em 1986, COLORETO I e COLORETO II.

Fervilhando a acção artística num meio possível, um grupo de rock e performance, Produção G, surgiu para a fusão de conteúdo musical e visual coerente, onde seria mantida a identidade de cada forma de expressão. Definida a forma e função, atravessámos o rio pela Ponte que separa, levando connosco o resultado de muitas horas de trabalho, A luz que me ilumina é negra I e II, com duas apresentações no Rock Rendez-vous, em Lisboa. Entretanto fomos desclassificados com alguma pena dos organizadores, o regulamento do concurso impedia a participação de profissionais. Na realidade a nossa vida era a Arte, embora não nos desse nada a não ser Arte. Pouco tempo depois foi apresentado ainda um espectáculo num Jardim público, no Dia da Juventude em 1987. Depois disto a Produção G acabou!


NO RASTO DE ...
João Martins produziu muitas bandas durante a década de 90. Foi director da revista Prómusica.

Vasco Vaz, guitarrista dos Mão Morta, fez parte dos Agora Colora entre 1990 e 1991.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Recomendamos ...