quarta-feira, 3 de abril de 2013

Cantoras dos Anos 80 - Kim Karnes



"I write from what's in my heart, I never had any other thought in my mind. I was gonna write songs, I was gonna be a star and a singer and I never thought of doing anything else." Kim Carnes 

Nasceu em julho de 1945. A sua voz rouca, muito rouca segundo a própria, é resultado de muitos anos a cantar em bares cheios de fumo. Foi no final dos anos 60 que, na Igreja que frequentava (New Christy Ministrels), conheceu Dave Ellingson com quem casou e com quem viria a escrever, até hoje, a maioria das suas composições. 

Depois de alguns discos editados, é em 1975 que consegue levar à tabela de vendas uma música sua: 'You're A Part Of Me', mas apenas dentro dos Estados Unidos. O mesmo aconteceu dois anos depois com a música que a levou a ganhar o 1º lugar no Festival da Canção Americana... 'Love Comes From Unexpected Places' que ganhou ainda mais força quando Barbra Streisand a incluiu num dos seus discos. 

A grande reviravolta na carreira de Kim Carnes chega com os anos 80. A começar pelo enorme êxito de 'Don't Fall In Love With A Dreamer', em dueto com Kenny Rogers, seu amigo já dos tempos da Igreja que frequentavam. Embora fizesse parte de um álbum de Kenny Rogers, esta música foi composta por Kim Carnes e pelo seu marido. Mais tarde, conseguiu ficar entre as 10 mais da tabela americana com a versão que fez da música de Smokey Robinson and The Miracles, 'More Love'. 

Foi em 1981, uma proeza! Nove semanas seguidas no 1º lugar do Top dos EUA e em muitos outros países em todo o Mundo. Ganhou o Grammy de Melhor Música e Melhor Álbum de 1982. Bette Davis, a atriz de quem se fala, escreveu a Kim Carnes a agradecer e fez questão de a conhecer pessoalmente. Anos mais tarde, num espetáculo em tributo à atriz, pouco antes da sua morte, Kim Carnes não faltou com a sua música. 

Em 1983, 'I'll Be Here Where The Heart Is' fez parte da banda sonora do filme 'Flashdance' que arrecadou nesse ano o Grammy de Melhor Banda Sonora. 
Mais tarde apareceu com um novo álbum de originais: 'Chaisin' Wild Trains'. De Dave Ellingson de quem tem dois filhos, Collin e Ry. Ry seguiu os passos da mãe e também é músico. 

E mais uma curiosidade: A cantora Tori Amos, na sua música 'Glory of the 80's', não esquece Kim Carnes: «In the glories of the eighties, I may not have to die; I'll clone myself like that blonde chick that sings 'Bette Davis Eyes'».

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Recomendamos ...